Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

1 – Quais são os tipos de sistemas de energia solar?

+

Podem ser Térmicos – para aquecimento;
Fotovoltaicos – para geração de energia elétrica.

A) Sistemas Solar Térmico são mais utilizados para aquecer a água de chuveiros, torneiras e piscinas.

Obs. A H2D Energia não trabalha com este tipo de sistema, somos especialistas em Sistemas Solar Fotovoltaicos, mas podemos indicar um de nossos parceiros. 

B) Sistema Solar Fotovoltaico:
– Sistemas Isolados ou “Off Grid” – locais remotos ou sem acesso a à rede de energia;
– Sistemas conectados à rede ou “On Grid” – locais com acesso à rede de energia elétrica. Tem como finalidade a redução do consumo. A energia produzida é utilizada em todos os aparelhos elétricos do local de geração.

-

2 – Como Funciona o Sistema Solar Fotovoltaico conectado à Rede (On Grid)?

+

– O Painel Solar gera a energia.
O Painel Solar capta a luz do sol e produz energia elétrica fotovoltaica. Eles são mais comumente instalados sobre o seu telhado, conectados uns aos outros e então conectados ao Inversor Solar.

– O Inversor Solar adequa a energia solar para ser utilizada em sua residência, empresa ou indústria.
O inversor solar é responsável por converter a energia solar produzida pelos painéis solares (Corrente Continua – CC) em energia elétrica (Corrente Alternada – CA) que pode ser usada em TVs, Computadores, Máquinas e qualquer equipamento elétrico que você precise usar.

– A Energia Solar é distribuída para sua casa ou empresa.
A energia que sai do inversor vai para o seu “quadro de luz” e é distribuída para toda a casa ou empresa, reduzindo a quantidade de energia que você consome da distribuidora de energia elétrica.

– Em determinadas horas do dia, você estará gerando mais energia do que consumindo (CRÉDITOS).
O excesso de energia que você enviou para a rede elétrica durante o dia, será contabilizado pelo relógio bidirecional. O relógio é responsável por medir a diferença entre a energia consumida da concessionária nos períodos que não tem sol (ex: noite) e a energia solar gerada por você que foi injetada na rede da distribuidora. Se em determinado mês você injetou mais energia do que consumiu, este excesso irá gerar créditos de energia que podem ser descontados em meses subsequentes ou em até 60 meses.

-

3 – Quais são os principais equipamentos utilizados em um sistema solar fotovoltaico?

+

Painéis Solares Fotovoltaicos: Captam a energia solar e transformam em energia elétrica;

Inversores: Transformam a corrente contínua (CC) gerada pelos painéis em corrente alternada (CA) que é o tipo de energia utilizada em sua residência, comércio ou indústria. Os inversores também ajustam a voltagem de acordo com a necessidade do sistema, também sincronizam o sistema “On Grid” com a rede de energia da concessionária;

Baterias: Usadas em sistemas isolados (Off Grid) para armazenar energia;

Controladores de carga: Usados em sistemas isolados (Off Grid) para controlar o carregamento das baterias;

Outros equipamentos: Cabos, Estruturas de fixação para os painéis, Proteções elétricas, e outros acessórios.

-

4 – Os equipamentos têm certificação?

+

A H2D Energia utiliza em todas suas instalações equipamentos certificados, de excelente reputação, qualidade e reconhecimento mundial.

Se a empresa que você escolher utilizar um equipamento sem certificação, a concessionária não emitirá o parecer de acesso e não será possível obter a liberação para conectar seu sistema à rede de energia.

A certificação dos equipamentos, seja nacional ou internacional, é imprescindível para garantir a segurança, bom funcionamento e durabilidade de um sistema fotovoltaico. No Brasil, o principal certificador dos equipamentos fotovoltaicos é o INMETRO.

-

5 – O sistema de energia solar emite ruído?

+

Não. Além de não emitir nenhum ruído, o sistema solar fotovoltaico não emite nenhum tipo de gás para a atmosfera enquanto gera energia de forma limpa e sustentável para você.

-

6 – Quanto produz um painel solar fotovoltaico?

+

Isso depende de vários fatores como:

-potência do painel;
-local da instalação;
-orientação e inclinação do painel;
-temperatura;
-sombreamento;
-dentre outros fatores.

Para saber a sua necessidade, você pode simular em nossa calculadora solar:
CALCULADORA SOLAR – CLIQUE AQUI!
Neste mesmo link você pode solicitar um orçamento grátis.

-

7 – Em quanto tempo o meu investimento se paga?

+

Normalmente entre 4 e 8 anos, dependendo da região, local e tamanho do sistema que será instalado. Com os constantes aumentos na sua conta de luz é provável que seu investimento se pague em menos tempo. Depois de instalado, você terá maior independência quanto à inflação energética.

-

8 – Quais as informações necessárias para dimensionar um sistema fotovoltaico?

+

Cada sistema é um caso diferente, não existe um modelo fixo, mas as informações básicas são:

A) Sistemas isolados (Off grid):
-Lista de equipamentos com Potência (W);
-Horas de uso por dia (h);
-Voltagem de funcionamento dos equipamentos (12V, 110V, 220V, etc.);
-Local da instalação (Cidade – UF);
-Autonomia requerida em dias (quantos dias sem sol o sistema deve suportar).

B) Sistemas conectados à rede (On Grid):
-Média de Consumo mensal em kWh (Soma do Consumo de 12 meses dividido por 12);
-Voltagem (110V, 220V, etc.) e tipo de sistema (monofásico, bifásico ou trifásico);
-Local da instalação (Cidade – UF).

-

9 – Qual o valor de um sistema de energia solar fotovoltaica?

+

O custo do sistema vai depender do seu gasto de energia, consequentemente do tamanho do sistema, equipamentos que serão usados e das características do local. Um sistema completo e instalado custa entre 6 e 10 R$/Wp (watt pico).

Ex. Uma residência com consumo de 200 kWh mês, irá necessitar de um sistema de aproximadamente 1,6 kWp ao custo aproximado de R$ 15.000,00.

Em nossa calculadora solar você poderá fazer uma estimativa:
CALCULADORA SOLAR – CLIQUE AQUI!

-

10 – Qual a área necessária para um sistema fotovoltaico?

+

A área que o sistema fotovoltaico irá ocupar vai depender do tamanho e características do sistema, bem como da forma como eles deverão ser montados nos arranjos.

Em nossa calculadora solar você poderá fazer uma estimativa:
CALCULADORA SOLAR – CLIQUE AQUI!

-

11 – Quais equipamentos podem ser utilizados em um sistema conectado à rede (On Grid)?

+

O sistema fotovoltaico “On Grid” não faz distinção dos equipamentos, a energia gerada é consumida da mesma forma que a energia que vem da “rua”, ou seja qualquer equipamento que consuma energia elétrica vai ser abastecido pelo sistema.

-

12 – Quais equipamentos podem ser utilizados em um sistema isolado (Off Grid)?

+

Neste tipo de sistema, é aconselhável não utilizador equipamentos como chuveiro elétrico e ar condicionado, pois seu alto consumo e potência requerem um grande sistema de armazenamento (baterias), o que pode deixar o sistema extremamente caro. Além disso, deve se ter atenção com equipamentos que possuem motores elétricos: geladeiras e bombas d’água, pois a potência de partida exige inversores específicos.

-

13 – Onde posso produzir energia solar fotovoltaica?

+

Você poderá produzir energia solar fotovoltaica em sua residência, empresa, indústria e também em ambientes rurais.

O sistema “On Grid” funciona de forma integrada com a rede elétrica e o consumidor pode trocar energia com esta rede, pagando apenas a diferença entre seu consumo e a produção própria de energia.

Se você não possui uma conexão com a rede elétrica é possível utilizar um sistema isolado (Off Grid). Neste caso, será preciso dimensionar um banco de baterias para armazenar a energia que será utilizada durante a noite e dias sem sol.

-

14 – A instalação dos sistemas fotovoltaicos é difícil?

+

Sempre existem alguns riscos quando envolvemos energia elétrica e por isso recomendamos consultar um profissional qualificado!

Sistemas pequenos desconectados da rede (Off Grid), a instalação não é tão complicada e oferece pouco risco, mas é sempre recomendado que seja realizada por um profissional capacitado e familiarizado com estes tipos de sistemas.

Sistemas conectados à rede (On Grid) ou sistemas desconectados da rede (Off Grid) maiores, sempre será necessário um profissional especializado.

-

15 – Qual é a vida útil do sistema?

+

Os painéis solares tem uma vida útil de 25 anos para produção de pelo menos 80% da potência nominal, ou seja, depois de 25 anos eles estarão gerando 80% em relação ao início de seu uso, perdem apenas 20% de rendimento em 25 anos.

Os inversores têm garantia de 5 a 10 anos e alguns de seus componentes tem vida útil esperada de 10 a 15 anos, mas podem ser trocadas, não havendo a necessidade de troca total do inversor.

Em sistemas isolados, os inversores e controladores de carga têm garantia de dois anos e vida útil de 5 a 10 anos.

A parte mais crítica de um sistema “Off Grid” é o banco/conjunto de baterias, pois ainda possuem um alto custo e precisam ser substituídas com maior frequência. Elas apresentam vida útil de aproximadamente 4 anos, porém, estes componentes estão sendo aprimorados e algumas baterias especiais já podem chegar até 15 anos de duração.

-

16 – Qual a manutenção que um sistema solar “On Grid” requer?

+

Recomendamos que os painéis solares sejam limpos pelo menos uma vez ao ano ou quando você perceber que se acumulou muita sujeira nos painéis solares. Deve-se utilizar apenas água e um pano úmido, nunca utilizar produtos químicos.

Em relação aos componentes do inversor, é possível que depois de 10 ou 15 anos tenha que trocar alguns deles.

Resumindo, a manutenção do sistema fotovoltaico é muito baixa sendo um dos maiores atrativos deste tipo de geração.

-

17 – Com o sistema solar fotovoltaico “On Grid” não irei pagar mais nada para a concessionária?

+

Sempre será necessário pagar uma taxa mínima de utilização da rede elétrica da concessionária e iluminação pública mesmo que você gere todo seu consumo, ou seja, sua conta nunca irá chegar a zero, porém irá diminuir consideravelmente (90%).

-

18 – Posso vender energia para a concessionária utilizando um sistema conectado à rede (On Grid)?

+

Não. O sistema de compensação adotado pelo Brasil não permite a venda de energia à concessionária.

No entanto existe a geração de créditos de energia, se você produzir mais do que consumiu em um determinado mês, esse crédito poderá ser utilizado em outro mês em que você tenha consumido muito e gerado pouco, esses créditos podem também ser utilizados em outra unidade consumidora do mesmo CPF ou CNPJ, dentro da mesma concessionária. Os créditos ficam válidos por 60 meses.

-

19 – Existe alguma norma que estabelece condições gerais para os sistemas conectados à rede elétrica e que são aceitas pelas concessionárias de energia?

+

Sim, em 2012 foi aprovada a Resolução Normativa da ANEEL (482/2012) que tratava inteiramente sobre sistemas de microgeração conectados à rede elétrica.
Mais recentemente a ANEEL atualizou a Normativa, publicando a Resolução Normativa nº 687/15 que entrou em vigor em Março de 2016.

Neste link você pode encontrar mais informações:
http://www.h2denergia.com.br

-

20 – Posso ser independente da concessionária usando energia solar fotovoltaica?

+

Sim, mas não recomendamos que se escolha essa opção em locais que já existe a rede elétrica. O sistema fotovoltaico conectado à rede (On Grid) é a melhor opção para as pessoas que já possuem a energia da rede pública, pois este tipo de sistema é mais eficiente, econômico, seguro, ecologicamente correto e de menor manutenção em relação ao sistema desconectado à rede (Off Grid).

Recomendamos o sistema “Off Grid” apenas em locais que não exista a rede de energia disponível.

-

21 – Se acabar a energia da concessionária, eu ainda terei energia do sistema fotovoltaico?

+

Não. Os inversores “On Grid” funcionam de forma sincronizada com a rede elétrica e dependem dela para funcionar. Se acabar a energia da concessionária você também ficará sem energia, sendo esta uma medida de segurança OBRIGATÓRIA. Assim, os técnicos de manutenção que desligam a rede podem efetuar os reparos necessários sem o risco de serem eletrocutados pela energia que o sistema fotovoltaico eventualmente estaria injetando na rede elétrica.

-

22 – O que acontece se chover por um longo período?

+

Se você ficar sem sol por um longo período, seu sistema de geração de energia solar irá produzir menos energia. Mas no médio e longo prazo, esses períodos sem sol, chuvosos e também noturno, já estavam previstos em nossos cálculos de geração do seu sistema, por esse motivo utilizamos os melhores softwares e bases estatísticas históricas de irradiação solar para dimensionar com a maior exatidão possível o sistema solar fotovoltaico ideal para você.

-

23 – E se houver um racionamento de energia como os que já aconteceram anteriormente no Brasil? Tenho alguma vantagem com o sistema solar?

+

Sim. Quando tivemos a Crise de Energia no ano de 2001, o governo estabeleceu um limite máximo de consumo para as residências e quem ultrapassasse deveria pagar multa. Se você tem um sistema solar fotovoltaico e produz a sua energia, dependendo do sistema que instalar, não vai pagar a multa em um racionamento novamente. Caso parecido ocorre com as bandeiras tarifárias Verde, Amarela e Vermelha, onde a concessionária cobra uma taxa por cada 100 kWh que você utilizar.

-

24 – Os painéis solares fotovoltaicos são resistentes?

+

Sim. eles foram projetados para suportar desde chuvas de granizo até o peso de um homem. Porém é extremamente recomendável que você não suba na sua placa pois poderá trincar as células e não perceber, causando perda de eficiência do seu sistema.

-

25 – São necessárias adaptações em minha residência ou empresa?

+

Normalmente não, na maioria dos casos utilizamos a infraestrutura elétrica já existente no local de instalação do sistema, bem como o telhado ou laje para fixação dos painéis. A concessionária deverá trocar o relógio de força normal por um relógio bidirecional.

Caso você ainda não tenha construído o local de instalação do sistema solar fotovoltaico, o ideal seria que um profissional da H2D fosse consultado para otimizar os parâmetros inerentes à este sistema: Telhado voltado para o Norte (mais eficiência na conversão da energia solar em energia elétrica pelos painéis solares), local adequado para a instalação do inversor (proteção contra chuva, sol e poeira), infraestrutura elétrica e outras otimizações.

-

26- Quantos dias são necessários para instalar um sistema fotovoltaico?

+

Normalmente em aproximadamente 3 dias é possível realizar a instalação de um sistema de pequeno porte, levando em conta as dificuldades de infraestrutura e acesso ao telhado do local de instalação. O mais demorado é o trâmite junto a concessionária. Os sistemas pequenos demoram em média 60 dias.

-

27 – Quando meu sistema não tiver mais utilidade como é feito o descarte? De quem é a responsabilidade?

+

A responsabilidade é do proprietário do sistema, porém os painéis são feitos principalmente de vidro, alumínio e silício purificado (também tem prata e plástico). Todos esses materiais são recicláveis e tem um alto valor de venda.

-

28 – O que é a homologação do sistema junto a concessionária de energia?

+

Homologação é o nome dado ao processo de regularização de sistemas de micro e mini geração, junto à distribuidora local. É um procedimento padrão onde a sua concessionária de energia verifica se o seu sistema de energia solar foi instalado e possui as especificações de acordo com as normas de segurança. Não se preocupe com isso, a H2D Energia se encarrega de todo este procedimento.

-

29 – Como é feita a conexão/homologação do meu sistema com a rede elétrica?

+

A H2D Energia tem profissionais habilitados para recolher a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e realizar todo este processo junto a concessionária de energia. Elaboramos um projeto detalhado de engenharia e enviamos à concessionária, que analisa e aprova o projeto. Após a aprovação, um técnico da concessionária faz uma inspeção e libera a conexão do sistema fotovoltaico à rede elétrica da concessionária, que por fim, trocará o relógio normal pelo bidirecional.

-

30 – Eu posso monitorar a produção de energia solar do meu sistema fotovoltaico?

+

Sim, você pode acompanhar a produção em um leitor no próprio inversor. Você pode ainda conecta-lo à internet e acompanhar a produção de energia solar fotovoltaica em tempo real, de qualquer celular, tablet ou computador em qualquer lugar do mundo! Além disso, as informações de produção ficam armazenadas e você poderá verificar em quais meses o seu sistema gerou mais energia e quais gerou menos.

-